terça-feira, 24 de maio de 2016

Alegria: marca da presença de Deus

Chicalica,

você não se tornou uma pessoa feliz da noite pro dia! Muito menos foi o câncer que despertou em você essa virtude. Você recebeu este dom de Deus quando nasceu, sendo a marca da presença Dele em sua vida. E você soube como ninguém multiplicá-lo dentro de si, dividi-lo com o próximo, somá-lo ao nosso e subtraí-lo das adversidades. Como todos adoram contar, desde pequena era arteira, brincalhona, moleca, custosa (como se diz em Bom Despacho) e a doença não foi capaz de mudá-la. Diariamente você dizia que aquele era o dia mais feliz da sua vida e não era só da boca pra fora, mas um fato!


Ao longo de 17 meses de batalha, você riu da doença sempre que pode, não que estivesse tirando o valor da vida, mas justamente o contrário, o tempo era único, era a oportunidades de se viver com alegria e você não podia perdê-lo com tristeza. Em raros momentos te vi descontente, desanimada ou lamurienta. Durante o tratamento, por mais duro e dolorido que fosse, você sempre fez questão de encará-lo com positividade e alegria.



        Em dia de biópsia, posando com a máscara de radioterapia e tocando o sineta na última sessão

Quando foi diagnosticada a doença, você teve momentos de lágrimas, mas me lembro muito mais dos risos que vieram logo em seguida. Disse pra todos em tom de brincadeira que não queria saber de "chororô", que as pessoas negativas seriam as primeiras a serem cortadas do seu círculo de relacionamento. Ao se despedir das madeixas foi rindo da queda dos cabelos, pedindo para tirarmos fotos e foi fazendo piadas estampando seu sorrisão nas poses! Brincou muito com a própria "carequísse", mas bem que aproveitou também para usar seus lenços, chapéus e abusar da maquiagem. Você é bela maravilhosa de todas as formas!



                                       Se despedindo da cabeleira e curtindo o novo visual

Os sorrisos sempre foram sua marca registrada, mas as palhaçadas e caretas eram tão frequentes quanto e ficarão gravadas pra sempre nos nossos corações! A lição que nos deixou não foi de dizer que não existe infelicidade ou angústia, mas sim que não há tempo para cultivá-los por muito tempo...que caso a doença e a depressão fossem colocados em primeiro plano, reduziriam gradativamente as razões de brigar pela vida. Portanto, sua batalha foi vencida sempre mantendo o ânimo no lugar do cansaço, a coragem no da fraqueza e a felicidade no da tristeza. Realmente Chiquinha, a vida é um presente de Deus muito precioso e breve para não aproveitarmos e curtirmos a cada instante com alegria!


                                         Pose para a hidroginástica e caretas para lavar roupas, kkkk

A saudade vem apertando o peito, todo dia mais, mas a lembrança de suas gargalhadas nos fazem retomar o rumo e continuar a nossa missão.

Beijocas do seu Chicolico que te ama eternamente muito demais

6 comentários:

  1. Isso aí querido,lembre-se dos momentos maravilhosos que passaram e quão incrível ela foi! Estamos aqui sempre com vc! Bjs Lara e Gu

    ResponderExcluir
  2. Nossa, não te conheço, mas acompanhei a historia da Camila e realmente vocês dois são pessoas extremamente fortes e abencoadas por Deus que teve por missão na Terra cultivar o amor que nós estamos precisando. Uma lição de vida. Obrigado por compartilhar e ao demonstrar o seu amor pela Camila, é claro e nitido ver o amor de verdade. Que Deus te dê forças para continuar a caminhada sem a presença fisica da Camila, sei que deve ser muito dificil. Obrigado por compartilhar amor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo!
    Muita força para vcs!!!

    ResponderExcluir
  5. Desde ontem de madrugada quando entrei no face e deparei com o compartilhamento desse post estou lendo-o. E o tempo todo o q mais vi foi fé. Fé em Deus! Ele tudo pode, tudo encaminha e providência. Estou muito tocada por ver uma jovem tão religiosa e focada na sua fé. Tbm emocionou-me muito ver o amor de toda a família e quantos amigos ela tinha e angariou durante sua doença. Tenho muito medo de ter uma doença assim, pois acho q não terei forças para suportar o tratamento dia após dia. Sempre admirei as pessoas q lutam com coragem contra o câncer, mas a Camila foi um grande exemplo. O Henrique um grande é amoroso marido! Que Deus dê a ele uma vida longa e feliz.

    ResponderExcluir
  6. Henrique, que amor lindo o de vocês. A Camila sempre foi assim mesmo, moleca e brincalhona, mas a característica dela mais marcante para mim sempre foi a garra. Camila era forte como ninguém. E linda, sempre linda e apaixonada pelo "Rolhfs". E são essas lembranças, as gargalhadas, a força e a fé que nos dão forças para seguir nosso caminho.

    ResponderExcluir